Case Utchy Tofu Noodles

Quando a culinária tradicional oriental encontra a inovação na alimentação saudável.

Um dos maiores paradigmas das culinárias tradicionais que chegaram ao Brasil através da sua história é o desafio de manter suas características originais. Além disso, num país continental e com diversas culturas regionais, esse cenário se torna ainda mais desafiador quando valores milenares são confrontados com tendências sociais disruptivas.

O Utchy Tofu Noodles representa bem esse desafio, tendo como principal estudo de mercado a aceitação por um grande número de novos consumidores, não obrigatoriamente amantes da culinária japonesa, de uma massa em fios chamada Shirataki (link do Projeto Mestre Cuca, dedicado à alimentação light).

Screen Shot 2017-05-29 at 5.59.39 PM
O Instagram tem mais de 37 mil publicações sobre o Shirataki.

Sua procura cresceu exponencialmente em 2010/2011, quando a chef e apresentadora Nigella Lawson emagreceu milagrosamente, e anunciou que a responsável pela sua dieta era a massa de Shirataki. Com o apelido de “Macarrão Milagroso”, o Shirataki (também conhecido por Itokonnyaku, pois é feito da batata Konjac / Konnyaku – em japonês); recebeu o interesse de outros players da alimentação de dieta restritiva, como a Dieta Dukan.

Opiniao_Shirataki_pq
Opinião de novos consumidores revela a surpresa das calorias versus a textura e o sabor diferentes do macarrão tradicional.

A textura levemente mais dura é resultado de um tempo maior no cozimento na panela, como nos contou com maestria o Chef Eiji Tomimatsu, durante o processo de desenvolvimento das novas receitas para o lançamento do Utchy Tofu Noodles.

Encontrar problemas de aceitação em relação as características de um produto pode ser visto como um problema de fato, ou pode ser percebido como uma oportunidade de inovação. Neste caso, apontamos para nosso cliente Hyde Alimentos uma sugestão que viria não somente resolver o problema, mas sim incrementar a relação com outra linha de produtos extremamente importante para seu negócio: a linha Tofu produzida pela Agronippo (queijo de soja).

O princípio, portanto, foi criar o primeiro “Tofu Noodles” do Brasil. Permeado pelo entendimento de que a batata konjac funciona como base aglutinadora, mas a textura do tradicional Shirataki deveria ser alterada para proporcionar uma nova experiência gastronômica, nasceu então uma união de qualidades entre a estrutura da massa em fios do Shirataki somado ao frescor e a leveza nutritiva do tofu – além claro, de desenvolver uma nova cultura de preparo para se obter um saboroso macarrão de baixas calorias.

Brand_Utchy
Nova marca Utchy Tofu Noodles.

A nova marca é uma brincadeira semântica que pode ser atribuída ao japonês ( -“uchi”) que significa interior, interno e ao italiano (tutti), todos, juntos. Ao mesmo tempo, em português nos remete a algo útil, prático, que é a principal proposta da marca.

Produzido em duas versões, Espaguete e Talharini, recebeu 2 tratamentos de embalagem. A primeira mais simples, através de um sistema já utilizado na fábrica que é característico da linha Tofu.

Primeira embalagem desenvolvida para Utchy Tofu Noodles em sistema de bandeja, similar à linha Tofu.

Já o segundo, que conquistou o direito a vir ao mundo, manteve o mesmo conceito de embalamento em bandeja, mas além de um sistema novo mais hermético, optou-se por um lindo design flow pack com 4 soldas – produzido com excelência pela Lamine – que garantiu mais charme e refinamento ao produto.

Embalagem final de Utchy Tofu Noodles em PET mate, nas versões Espaguete e Talharim.

O Utchy Tofu Noodles chegou a incríveis 22 calorias (por porção de 100g), alcançando 14% das fibras alimentares necessárias para uma dieta de 2 mil calorias, e com baixo índice de carboidratos – menos de 10% do macarrão de trigo e do macarrão de arroz, como você pode conferir na landing page do produto.

Sabe-se que as tendências de mercado apontam mudanças significativas no perfil de consumo de alimentos até 2020.  Porém, a reunião de qualidades almejadas no Utchy Tofu Noodles permite um range de atuação que poderá alcançar até 78% desse novo mercado, sem considerar a credibilidade que a marca que poderá conquistar no caminho de relacionamento com novos fãs através da confiabilidade e da qualidade de seus produtos.

Ainda na questão estética, gostamos também de contar um pouco sobre o processo de produção de um novo produto aliado ao desenvolvimento das imagens 3Ds que utilizamos como suporte. Esse processo permite não somente uma percepção mais apurada da embalagem em seu aspecto tridimensional enquanto se desenvolve o produto na área de P&D, como também oferece rapidez e alta qualidade na fotografia final do produto, como explicado na legenda da foto abaixo:

Excelência na modelagem em 3D e saída com hiperrealismo fotográfico que simula uma imagem produzida em estúdio – as imagens ficam prontas para divulgação no mesmo tempo que o produto final está sendo produzido.

Para finalizar, compartilhamos com você uma receita deliciosa preparada pelo Chef Eiji Tomimatsu para ser utilizada no verso da embalagem, além de outras que você pode encontrar no site da Hyde Alimentos.

Receita Utchy Espaguete Oriental e modo de preparo encontrado no verso da embalagem.

Quer saber mais sobre como trabalhar processos de inovação em desenvolvimento de produtos? Entre em contato com a gente, será uma satisfação dividir a mesa de experimentação com você e sua equipe!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s